sábado, 10 de outubro de 2015

Sex Phone

 
No outro dia comentava com uma amiga que já tinha praticado Sex Phone..  ela chocadíssima perguntava-me como é que era possível? Até parecia que não tinha um gaijo em casa... Ter até tenho, mas de vez em quando se ausenta por uns dias..
 
"Mas Sex Phone? Como assim? Pões-te a gemer ao telefone?"... Nada disso.. a coisa acontece quando menos se espera, no meio de uma conversa banal do como foi o teu dia, o que fizeste, o que estás a fazer e de repente sai um "não estou a fazer nada de especial, mas se estivesses aqui.." e quando damos por nós a cumbersa descambou, no bom sentido!!
 
Quantos casais têm que viver com milhares de km de distância, durante meses... e o que lhes vale são os skypes, facebooks e afins... que para além da dirty talk podem visualizar melhor a cena.. E já nem falo nas novas tecnologias.. vibradores comandados via wifi, em que um está aqui e o outro está na china a comandar..
 
Confesso que já o fiz, por telefone, por SMS, por mensagem privada, por web via Skype, acho que já experimentei todas as vias.. se é a mesma coisa, não é, obviamente.. mas quando se está longe um do outro e não há outra hipótese, é melhor que nada... e sempre dá para apimentar um pouco as coisas.
 
Experimentem e depois digam-me qualquer coisa..
 
Beijosss da gaija ;)

2 comentários:

  1. Ainda tem outras vantagens... Pode-se fazer com desconhecidos e nem é preciso usar preservativo... :P

    ResponderEliminar